Como funciona um pronto-socorro de acupuntura do SUS?

A acupuntura é uma das mais conhecidas práticas integrativas no ocidente. Fonte de profundo estudo e pesquisa, ela ainda não tem uma “explicação científica” dentro do paradigma convencional da medicina, apesar de seus benefícios serem inquestionáveis quando aplicados por terapeutas devidamente qualificados.

A acupuntura não é uma técnica de longo prazo, como muitos podem pensar, ela também tem resultados imediatos, para casos de caráter mais emergencial, especialmente dores. O uso da mesma pode ser muito benéfico para o bem estar e qualidade de vida de pessoas com dores consideradas sem solução. O Hospital universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP-HU/Unifesp), chamado de Hospital São Paulo, tem um serviço de pronto-atendimento de acupuntura, algo único, gerenciado por uma equipe especial do Setor de Medicina Chinesa – Acupuntura do Departamento de Ortopedia e Traumatologia (DOT). Ativo desde 1992, o DOT desenvolveu o pronto-atendimento em acupuntura em 1998, sendo um espaço para aprendizado e pesquisa acadêmica e atendendo quase 100 pacientes diariamente.

Basta ser usuário do SUS para ter acesso ao atendimento, o qual dispensa encaminhamento médico ou agendar a consulta. Problemas do sistema musculoesquelético e dores viscerais como enxaqueca, cólica menstrual, estados emocionais, asma, bronquite, entre outros, podem procurar pela acupuntura. Já casos de caráter psiquiátricos ou cirúrgico não tem como ser atendidos. Saiba sobre horários e local no site do Hospital São Paulo.

A Frente Holística trabalha para promover e ampliar a adoção das práticas integrativas no SUS. Iniciativas de sucesso como essa do Hospital São Paulo são de grande valia para a adoção das práticas em outras unidades de saúde do SUS. A divulgação deste trabalho bem como os relatos dos terapeutas e pacientes dos benefícios são fundamentais para o sucesso e ampliação das Práticas integrativas em saúde.

 

Veja matéria que comenta e entrevista acupunturistas e pacientes, destacando o trabalho do Hospital São Paulo. Do portal IG Minha Saúde:

Como funciona o pronto-socorro de acupuntura do SUS

Atendimento no Hospital São Paulo dura cerca de dez minutos; é indicado para dor muscular, enxaqueca e cólica menstrual

É fascinante como uma mágica: depois que Maria Edi Tudéia, de 65 anos, esperou por alguns momentos no corredor do pronto atendimento de acupuntura do Hospital São Paulo, em SP, muito incomodada por conta de dores – ela sofre com dores na coluna, braço e nervo ciático – ela sai do consultório médico um sorriso aliviado no rosto e movimentando o braço, antes retraído por conta da dor, com naturalidade.

Os movimentos do braço de Maria Edi estavam limitados antes da sessão, por conta da dor. Em cinco minutos de ação das agulhas ela mostra que já pode se movimentar normalmente – sem dor. Foto de Elioenai Paes

Essa ‘magia’ não está em medicamentos analgésicos fortes que poderiam ter sido injetados em seu corpo, tampouco em comprimidos casuais concebidos pela indústria farmacêutica. Ela vem com minúsculas agulhas que, manipuladas durante oito segundos e mantidas no corpo de cinco a 10 minutos, trazem um efeito drástico de redução da dor. E o melhor: sem efeitos colaterais.

O pronto atendimento do Hospital São Paulo, que é bancado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é feito por médicos residentes em acupuntura, coordenados pelo Prof. Dr. Ysao Yamamura, chefe do setor de acupuntura e livre docente em medicina chinesa. Os resultados do trabalho do médico são visíveis de imediato: todos que entraram no consultório no momento em que a reportagem do iG estava acompanhando o procedimento relataram que a dor havia cessado ou diminuído muito. “As agulhas dão a sensação de algumas picadinhas de formigas, mas venho pesada e saio me sentindo leve”, comemora Sônia Maria de Barros, 61 anos.

Essa leveza se dá, segundo Yamamura, porque a acupuntura também promove a liberação de endorfina e serotonina, hormônios responsáveis pelo bem-estar e manutenção do humor.

E não são só dores na coluna que podem ser aliviadas pela técnica oriental milenar, mas também cólicas menstruais, enxaquecas, dores no joelho, quadris, ombros e todo o sistema músculo-esquelético.

“A acupuntura tradicional busca o equilíbrio do corpo humano em geral, também trabalhando sobre questões de ansiedade, além de outras. Aqui no Pronto Atendimento nós focamos na dor, e, por isso, usamos a técnica da agulha manipulada, que consiste em girar a agulha durante oito segundos, que faz o mesmo efeito do que deixar no paciente durante os 20 minutos”, explica Felipe Caldas, médico coordenador da preceptoria dos residentes.

O movimento de vai e vem da agulha, segundo ele, amplifica o efeito da acupuntura. “A agulha funciona como uma bateria, com 1.3 milivolts”, explica Caldas. “Os pontos de acupuntura são aqueles que têm acúmulo de terminações nervosas livres, então é como se pegasse a agulha e desse um pequeno choque no nervo”.

Esse choque, segundo Caldas, vai gerando estímulos ao longo de todo o nervo e fazendo com que o organismo libere substâncias que vão tirar a dor e doar uma sensação de bem-estar. E uma boa notícia: a acupuntura, segundo Yamamura, não tem contra indicações, podendo ser feita para qualquer idade, embora o Pronto Atendimento não atenda crianças “Elas são encaminhadas para o ambulatório do Hospital São Paulo, e a acupuntura para elas é só às quintas-feiras à tarde”, explica.

Serviço

Para quem está em São Paulo, é simples conseguir esse alívio da dor: o pronto atendimento de acupuntura fica aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 15h, na Rua Napoleão de Barros, 771, na Vila Clementino (próximo ao metrô Santa Cruz). As sessões são gratuitas, cobertas pelo SUS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s